O CAFÉ

 

Assim como foi Tereza de Benguela, o café Rainha Tereza é um café intenso, forte e escuro. Conta com grãos de café Canéfora, cultivados no semiárido do Espírito Santo, região famosa pela produção dos mesmos, que resultam em bebidas com alto amargor e que está presente na maioria das mesas dos brasileiros. Esse café foi desenvolvido para os que visam consumir uma bebida energética, tendo em vista que seus grãos contém uma concentração de cafeína 50% maior que o café 100% arábica.

 

RAINHA TEREZA - TEREZA DE BENGUELA:

 

Tereza de Benguela foi uma líder quilombola que viveu em lugar incerto. Porém, sabe-se que o quilombo localizava-se às margens do rio Guaporé, localizado na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, no atual estado de Mato Grosso, no Brasil, durante o século XVIII.

 

Escrava fugida do capitão Timóteo Pereira Gomes, Tereza se tornou a Rainha do Quilombo do Quariterêre no início dos anos 1750, e, sob sua liderança, a comunidade negra e indígena resistiu à escravidão por duas décadas, sobrevivendo até 1770, quando o quilombo foi destruído e a população (79 negros e 30 índios), morta ou aprisionada. Os sobreviventes passaram por humilhação pública, e foram marcados em ferro com a letra F, de fujão, e devolvidos aos seus antigos donos.

Tereza - Intenso | 500g

R$ 38,50Preço
  • Pode ser preparado em quaisquer métodos como: o seu tradicional coador de pano ou de papel, prensa francesa e cafeteria italian. A nossa receita é: 1 xícara/caneca (100ml de água) para 20g de café, ou seja, 1 copo americano de água quente (sem fervura) e 2 colheres de sopa.

    Caso seja um café em grãos, segue a dica: quanto mais fino for a moagem mais forte o café ficará!